Compartilhar


Anos 2000, moda sustentável e conforto são apenas parte da influência da geração Z na moda que definitivamente veio para ficar.

Ainda que você seja da geração millenial e não tenha gostado de ser intitulado cringe, a verdade é que muitas tendências iniciadas pela galera que nasceu na metade dos anos 90, estão fazendo muito sucesso.

Inclusive algumas delas você já deve estar usando sem ao menos saber que foi a geração Z que retomou a trend. Seja no comportamento ou no estilo, o fato é que esta geração já deixou a sua marca no mundo da moda.

Veja então 10 tendências que são influência da geração Z na moda e que vieram para ficar!



Tendências de consumo da geração Z

Sem dúvida, uma das principais influências da geração Z na moda é uma mudança total no padrão de consumo.

Assim, uma moda mais consciente tanto no sentido de inclusão quanto no aspecto ambiental são prioridades dos nascidos entre 1996 e 2010.

Peças confortáveis e práticas também tem se mostrado prioridade para essa galera que tem aparecido constantemente usando marcas com pegadas mais esportivas.



1. Conforto em primeiro lugar

Roupas apertadas e saltos altos de bico fino são peças que estão fora dos armários da geração Z. Afinal, esta geração preza pelo comfy e, por isso, roupas largas em tamanho oversized são a preferência dessa galera.

Assim, eles gostam de misturar peças oversized com peças esportivas criando um visual bem descolado e cool.

Nos pés, nada de sapatilhas já que, segundo a geração Z, a sapatilha é cringe. Assim, o tênis é o sapato da vez, seja em formato sneakers, em tons neons etc.



2. Moda Sustentável

Segundo uma pesquisa realizada pelo Google, 43% dos consumidores da geração Z preferem comprar de marcas e empresas que tenham práticas sustentáveis.

Assim, eles procuram comprar peças de roupa de produtores locais e em brechós, peças que sejam feitas de materiais sustentáveis ou reciclados e de preferência que não tenham origem animal.



3. Moda inclusiva

De mãos dadas com a moda sustentável, a geração Z também quer uma moda consciente e inclusiva.

Nesse sentido, esta geração dá preferência a marcas que atendem a corpos reais independente de tamanho ou peso. Ou seja, elas querem ver todos os corpos, raças e gêneros muito bem representados nas coleções.

Assim, eles dispensam marcas não inclusivas, que insistem em perpetuar a ideia de perfeição através de modelos magras, altas e brancas.



4. Desconstrução de gênero

A questão de gênero é outro ponto muito importante para essa geração que deseja desconstruir a ideia daquilo que pode ou não ser usado por homens e mulheres.

Assim, a moda andrógina tende a crescer consideravelmente graças a essa ideia de desconstrução do que é masculino e feminino na moda.



5. Exclusividade

Edições limitadas e itens exclusivos, é isso que a geração Z quer da moda. Apesar de prezar pela moda sustentável e pela inclusão, esta geração também preza muito pela autenticidade.

Assim, eles têm pavor de terem seus looks e visuais iguais aos de outras pessoas, seja nas ruas ou no meio digital.

A busca pela sua própria identidade é frequentemente vista no uso de peças inusitadas, misturas únicas e é claro na compra de coleções limitadas, collabs etc.



Tendências de estilo que são influência da geração Z

Agora que já vimos quais foram a influência da geração Z na moda em relação ao consumo, vamos ver como essa geração está influenciando o nosso estilo.

Em suma, a volta da moda dos anos 2000 e do estilo Athleisure é apenas uma delas.



6. Back to 2000

Calças de cintura baixa, tênis plataforma, bolsas gigantes e correntes pelo corpo são apenas algumas das tendências dos anos 2000 que voltaram à moda graças à geração Z.

Afinal, já faz 20 anos que calças cargos e umbiguinhos de fora faziam sucesso entre as adolescentes e celebridades do início do milênio.

Como a moda é cíclica e constantemente volta ao passado, agora finalmente chegou a vez dos anos 2000.

Assim, a geração Z nascida depois de 1996 está usando tudo que bombou na moda lá no começo dos anos 2000.



7. Athleisure

Como vimos, o conforto é a maior prioridade para a geração Z. Nesse sentido, esta geração trouxe de volta o estilo Athleisure que bombou nos anos 80.

Assim, o Athleisure, ou roupas atléticas até então eram usados apenas na academia e para praticar esportes.

Contudo, a geração Z se apropriou dessas peças e passaram a usá-las fora da academia. É o caso, por exemplo, da bermuda ciclista que aparece como estrela de várias produções fashionistas.

Os tops croppeds e o moletom também são peças que ganharam muita força graças a geração Z junto com os tênis esportivos.



8. Wide Legs

Por considerarem a calça skinny cringe, a geração Z resolveu o problema trazendo de volta as wide legs.

Assim, eles trocaram as skinny por essa calça de modelagem mais ampla, cintura alta e bem marcada e com as pernas bem alongadas e largas.



9. Candy colors

Outra tendência dos anos 2000 ressuscitada pela geração Z são as candy colors. Assim, essas cores que lembram a doces, balas e chicletes, é composta por uma paleta em tons pastéis como verde menta, lavanda, rosa claro etc.

Nos anos 2000, a galera usava as candy colors de uma forma bem infantilizada. Contudo, a geração Z retomou essa trend em peças e produções mais adultas e elegantes.

As candy colors tomaram conta da moda primavera verão e aparecem em roupas, bolsas, sapatos e até em maquiagens, unhas etc.



10. Néon

As cores saturadas e em tons neon também são mais uma das influências da geração Z que não irá sair tão cedo de cena.

Assim como as Candy Colors, o neon aparece em roupas, sapatos, unhas e maquiagem, deixando o visual muito mais alegre e jovem.



Enfim, estas são as 10 principais influências da geração Z na moda que vieram para ficar.

E você já adotou ou pretende adotar alguma delas? Conta pra gente!


Compartilhe:

Perguntas e respostas

Artigos Relacionados
Recomendamos para você
Índice
Quem somos
Parceiro
Segurança
  • Norton Secured
  • selo
Formas de Pagamento
Credibilidade
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.
Abrir Whatsapp